sexta-feira, 26 de março de 2010


Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar. Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.

Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é...Autenticidade.

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... Amadurecimento.

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é... Respeito.

Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama... Amor-próprio.

Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é... Simplicidade.

Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a... Humildade.

Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez.
Isso é... Plenitude.

Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... Saber viver!!!


Charles Chaplin

segunda-feira, 8 de março de 2010

Segunda é dia de Poema!!!

No dia internacional da mulher, na segunda de poema.... nada melhor do que um poema para todas as mulheres!!!! Parabéns a todas nós que, de uma forma ou de outra, estamos sempre tentando equilibrar e superar as dificuldades e obstáculos de uma vida comandada por hormônios flutuantes!!!
Bjs apimentados

Poemas para todas as mulheres


Vinicius de Moraes


No teu branco seio eu choro.
Minhas lágrimas descem pelo teu ventre
E se embebedam do perfume do teu sexo.
Mulher, que máquina és, que só me tens desesperado
Confuso, criança para te conter!
Oh, não feches os teus braços sobre a minha tristeza não!
Ah, não abandones a tua boca à minha inocência, não!
Homem sou belo
Macho sou forte, poeta sou altíssimo
E só a pureza me ama e ela é em mim uma cidade e tem mil e uma portas.
Ai! teus cabelos recendem à flor da murta
Melhor seria morrer ou ver-te morta
E nunca, nunca poder te tocar!
Mas, fauno, sinto o vento do mar roçar-me os braços
Anjo, sinto o calor do vento nas espumas
Passarinho, sinto o ninho nos teus pêlos...
Correi, correi, ó lágrimas saudosas
Afogai-me, tirai-me deste tempo
Levai-me para o campo das estrelas
Entregai-me depressa à lua cheia
Dai-me o poder vagaroso do soneto, dai-me a iluminação das odes, dai-me o [cântico dos cânticos
Que eu não posso mais, ai!
Que esta mulher me devora!
Que eu quero fugir, quero a minha mãezinha quero o colo de Nossa Senhora!

segunda-feira, 1 de março de 2010

PUDIM

Eu sempre amei os textos da Martha Medeiros, e relendo este, hoje vi que tem tudo a ver!!!!
Bjus apimentados


PUDIM

MARTHA MEDEIROS


"Não há nada que me deixe mais frustrada do que pedir Pudim de sobremesa, contar os minutos até ele chegar e aí ver o garçom colocar na minha frente um pedacinho minúsculo do meu pudim preferido. Um só!!! Quanto mais sofisticado o restaurante, menor a porção da sobremesa.
Aí a vontade que dá é de passar numa loja de conveniência, comprar um pudim bem cremoso e saborear em casa com direito a repetir quantas vezes a gente quiser, sem pensar em calorias, boas maneiras ou moderação.
O PUDIM é só um exemplo do que tem sido nosso cotidiano. A vida anda cheia de meias porções, de prazeres meia-boca, de aventuras pela metade. A gente sai pra jantar, mas come pouco. Vai à festa de casamento, mas resiste aos bombons. Conquista a chamada liberdade sexual, mas tem que fingir que é difícil (a imensa maioria das mulheres continua com pavor de ser rotulada de 'fácil'). Adora tomar um banho demorado, mas se contém pra não desperdiçar os recursos do planeta. Quer beijar aquele cara 20 anos mais novo, mas tem medo de fazer papel ridículo. Tem vontade de ficar em casa vendo um DVD, esparramada no sofá, mas se obriga a ir malhar. E por aí vai.
Tantos deveres, tanta preocupação em 'acertar', tanto empenho em passar na vida sem pegar recuperação...
Aí a vida vai ficando sem tempero, politicamente correta e existencialmente sem-graça, enquanto a gente vai ficando melancolicamente sem tesão...
Às vezes dá vontade de fazer tudo 'errado'. Deixar de lado a régua, o compasso, a bússola, a balança e os 10 mandamentos. Ser ridícula, inadequada, incoerente e não estar nem aí pro que dizem e o que pensam a nosso respeito. Recusar prazeres incompletos e meias porções.
Até Santo Agostinho, que foi santo, uma vez se rebelou e disse uma frase mais ou menos assim: 'Deus, dai-me continência e castidade, mas não agora'...
Nós, que não aspiramos à santidade e estamos aqui de passagem, podemos (devemos?) desejar vários pedaços de pudim, bombons de muitos sabores, vários beijos bem dados, a água batendo sem pressa no corpo, o coração saciado. Um dia a gente cria juízo.Um dia. Não tem que ser agora.
Por isso, garçom, por favor, me traga: um pudim inteiro, um sofá pra eu ver 10 episódios do 'Law and Order', uma caixa de trufas bem macias e o Richard Gere, nu, embrulhado pra presente. OK? Não necessariamente nessa ordem.
Depois a gente vê como é que faz pra consertar o estrago..."

Segunda é dia de Poema!!!

Desilusão


Tekinha Santana


O início de um sonho é sempre belo
É divertido, é lindo, muito lindo!
Porém no decorrer do tempo é intrépido
Tudo passa, tudo acaba, tudo finda.


As vezes dura pouco tempo
E as pessoas ficam a esperar
São coisas da vida e acontecem,
E um a gente querer nos faz chorar


Do mundo o maior erro é se sonhar
No amor o mais errado é o coração
Pois de toda existência, o que resta
É sempre o mesmo, a desilusão.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Segunda é dia de Poema!!!

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,

Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.
Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.


O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já foi coberto de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto:
Que não se muda já como soía.

Luis de Camões

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Segunda é dia de Poema!!!

Poema de Carnaval

Nesta época festiva,
Deseja-se a todos os Povos...
Um Carnaval Cheio de Páscoas...
E um Natal cheio de Anos Novos....


Que as Renas do Pai Natal,
Surjam nos Céus a Voar,
Tilintando alegremente...
Com o Rudolph a piscar!


Que o Pai Natal e os Duendes,
Façam raves a bombar...
E não se baralhem nas botas...
Na altura de ofertar!....


Que o presépio de Natal,
Tenha estrelas sorridentes,
Ovelhinhas e Pastores...
E Reis Magos bué Contentes!


Que tudo surja em sorrisos,
Com muita Paz e Carinho...
E que o coelho da Páscoa,
Se esmere no sapatinho!


Que se tenha nesta quadra,
Muito Amor e Alegria...
Rabanadas e filhóses
Arroz doce e Aletria!

De autor desconhecido!!!!

domingo, 14 de fevereiro de 2010

FRASES DE CARNAVAL

"Se o amor é fantasia, eu me encontro ultimamente em pleno carnaval."

Vinicius de Moraes


"Se a única coisa que de o homem terá certeza é a morte; a única certeza do brasileiro é o carnaval no próximo ano."

Trecho do livro 'Em Liberdade' de Graciliano Ramos

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Carnaval

Saudades de Pular Carnaval!!!
Acho que tão cedo não vou poder, a menos que alguém se candidate a ficar com o Pimentinha e, que ele aceite DESGRUDAR de mim...
Não tenho a menor idéia do que se tratam os sambas enredos das escolas de samba do Rio.
Não sei nem onde tem baile de carnaval aqui em Curitiba, só me importei em procurar algum lugar pra crianças. A "fantasia" do Vini é de Leãozinho, depois coloco uma foto....No sábado passado fomos ao Griitinho de Carnaval feito por Livraria Infantil. Tinha uma bandinha a moda antiga, serpentina, confeti e desfile ao redor da praça ao lado da Livraria. Uma gracinha! Pena que meu pimpolho não se empolgou muito e dormiu no colo dessa que vos escreve. Não pude nem aproveitar pra dançar dando a desculpa que estava divertindo o filho!!!

Bom e Apimentado Carnaval pra todos!!!!!!!
Pimentac

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Segunda é dia de Poema!!!

Quero



Carlos Drummond de Andrade


Quero que todos os dias do ano
todos os dias da vida
de meia em meia hora
de 5 em 5 minutos
me digas: Eu te amo.


Ouvindo-te dizer: Eu te amo,
creio, no momento, que sou amado.
No momento anterior
e no seguinte,
como sabê-lo?


Quero que me repitas até a exaustão
que me amas que me amas que me amas.
Do contrário evapora-se a amação
pois ao não dizer: Eu te amo,
desmentes
apagas
teu amor por mim.


Exijo de ti o perene comunicado.
Não exijo senão isto,
isto sempre, isto cada vez mais.
Quero ser amado por e em tua palavra
nem sei de outra maneira a não ser esta
de reconhecer o dom amoroso,
a perfeita maneira de saber-se amado:
amor na raiz da palavra
e na sua emissão,
amor
saltando da língua nacional,
amor
feito som
vibração espacial.
No momento em que não me dizes:
Eu te amo,
inexoravelmente sei
que deixaste de amar-me,
que nunca me amastes antes.

Se não me disseres urgente repetido
Eu te amoamoamoamoamo,
verdade fulminante que acabas de desentranhar,
eu me precipito no caos,
essa coleção de objetos de não-amor.

Ontem, assistindo a uma reprise da entrevista de William Bonner para Marília Gabriela, no GNT, ouvi dele este poema, foi a sua frase final. Achei lindo e fui logo procurar...Carlos Drummond de Andrade é meu poeta preferido.....

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Fácil e Dificil

Falar é fácil, quando se tem em mente, as palavras que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes, o que realmente queremos dizer.


Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ela deseja ouvir.
Difícil é ser amigo para todas horas e dizer sempre a verdade quando for preciso.


Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre ela.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer.


Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.
Difícil é mentir para o nosso coração.


Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.


Fácil é dizer "oi", ou "como vai ?".
Difícil é dizer "adeus".


Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a própria consciência.


Fácil é perguntar o que deseja saber.
Difícil é estar preparado para escutar esta resposta.


Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar ou vice-versa.


Fácil é beijar.
Difícil é entregar a alma!


Fácil é ditar regras.
Difícil é seguí-las.


Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho.


Fácil é exibir sua vitória a todos.
Difícil é assumir a sua derrota com dignidade.


Fácil é viver o presente.
Difícil é se desvencilhar do passado.


Fácil é tropeçar em uma pedra.
Difícil é levantar de uma queda, todo machucado.


Fácil é desfrutar a vida a cada dia.
Difícil é dar o verdadeiro valor a ela.

Não sei de quem é a autoria, se souberem me avise que dou os devidos créditos!!!!

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Segunda é dia de Poema!!!

Sossega, coração! Não desesperes!

Talvez um dia, para além dos dias,
Encontres o que queres porque o queres.
Então, livre de falsas nostalgias,
Atingirás a perfeição de seres.
Mas pobre sonho o que só quer não tê-lo!
Pobre esperença a de existir somente!
Como quem passa a mão pelo cabelo
E em si mesmo se sente diferente,
Como faz mal ao sonho o concebê-lo!




Sossega, coração, contudo! Dorme!
O sossego não quer razão nem causa.
Quer só a noite plácida e enorme,
A grande, universal, solente pausa
Antes que tudo em tudo se transforme.

Fernando Pessoa, 2-8-1933.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Felicidade

Achei esse texto muito bom!

FELICIDADE
(Kelen Fernandes)

Percebo hoje, após muitos altos e baixos, que tudo nessa vida passa, a alegria passa, a dor passa, o medo passa, o tempo passa...e o mais incrível de tudo é perceber que, a certa altura da vida, a gente perde o medo de sofrer...
Mas, em contrapartida, o tempo nos dá aquela sensação de urgência...como se dissesse: "- O seu tempo está esgotando"...Como se o tempo que você tinha pra sonhar estivesse acabando...Tipo, você tem que ser feliz agora...é a sua última chance...Mas essa obrigação de ser feliz também é subjetiva, pois o que é a felicidade, senão a atitude de se fazer história e, entre um erro e outro, acertar?Ter aquela comemoração dentro de si por realizar um projeto do qual se tem orgulho... A verdade é que sempre procuramos por nós mesmos e não sabemos que somos isso... Somos o que fazemos, a nossa história... Nossas alegrias, nossa felicidade é o que vivemos... A nossa vida não está em algum lugar, parada, esperando que atinjamos nossos objetivos, como se estivéssemos esperando algo acontecer, pra começarmos a viver... Acho que, no fundo, queremos ser felizes como aquela modelo, na capa da revista, mas isso é um erro, pois não sabemos o quanto na verdade ela é feliz, jamais saberemos "o quanto" alguém é feliz, assistimos apenas alguns momentos dos outros, enquanto vivemos permanentemente conosco... Sempre aquele casal parecer mais feliz do que nós, entretanto não observamos seus momentos a sós... A vida em si é maravilhosa, essa possibilidade de escolha, de caminhos, de oportunidades... Talvez, muitas vezes vivemos erradamente, desviamos do nosso objetivo e por isso achamos que a vida não é tão boa assim... O que nos traz felicidade não é amor, nem dinheiro, nem nada que possa ser adquirido...A felicidade não se compara, não se mede, nem se captura. Para sermos felizes, temos que acordar todas as manhãs, predispostos a isso, é uma decisão, aceitarmos a vida como ela é: com seus bons e maus momentos, alegrias e reveses, é assim a vida da modelo, é assim a vida de todo mundo. Desde pequenos somos programados para sermos "felizes para sempre" como a Cinderela, ao lado do seu príncipe encantado e passamos a vida inteira não aceitando menos do que a felicidade total, aquela dos contos de fada que, pra falar a verdade, ninguém nunca explicou como é. Apenas "felizes para sempre!”. Então quando nos deparamos com aquela vidinha de acordar todo dia, ir para o trabalho, resolver questões corriqueiras, etc., ficamos no aguardo da chegada do momento de sermos felizes, aí chega aquele dia que percebemos que se passaram muitos anos e esse momento não chegou ainda...Na verdade chegou, passou e voltou, mas nós não o vimos, pois estávamos parados, esperando outra coisa...aquela felicidade que vem, não pela alegria de viver, mas sim, uma felicidade "comprovada", como se a felicidade tivesse "atestado" de existência.Acredito que, para ser feliz, há que se atentar para o espetáculo que é viver, deixar se levar pelas coisas que trazem prazer, abrir os olhos para a trama da vida, enxergar com bons olhos as dificuldades.Fazer a história, rir de coisas que nos fizeram chorar no passado, abrir os olhos para o milagre, viver!Problemas todas as pessoas tem, temos é que saber qual a importância damos aos problemas e qual damos às nossas conquistas, realizações, felicidades... Temos que aprender a sermos felizes, pois a felicidade se aprende, olhando o mundo com outros olhos, os olhos de quem acredita, anseia e faz...
Só assim, perceberá que realmente é encantador viver...

Bolo de Aniversário

Em homenagem a minha irmã que embestou de fazer o bolo de aniversário da sogra (puxa-sacaaaaa!!!), segue uma receitinha básica e facinha...facinha....
4 ovos inteiros

2 xícaras (chá) de açúcar
2 ½ copo de farinha de trigo
1 copo de leite
3 colheres (sopa bem cheia) de margarina
4 colheres (café) de pó royal
gotas de baunilha


Recheio de leite ninho


1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
250 gramas de manteiga sem sal
10 colheres de leite ninho

Modo de Fazer
1.Na batedeira bata as claras em neve, junte o açúcar e bata maia um pouco

2.Coloque gemas, o trigo, o leite, a margarina e as gotas de balnilha
3.Bata bem
4.Por último acrescente o fermento batendo na velocidade mínima por 30 segundos
5.Assar em forno médio por 40 minutos ou até dourar
6.Deixe esfriar, corte ao meio e recheie

Recheio:
1.bata na batedeira o creme de leite sem soro com a manteiga depois junte o leite condensado por último o leite ninho
2.bis, bombom ou chocolate ralado no meio e cobertura pode ser chocolate branco ou preto

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Eu adoro!!!!


Eu amei essa coleção de bonecas da Suppa!!! Queria muituuuuuuuuu uma!!! Você pode conferir a Coleção Dona e escolher a que melhor se enquadra no seu perfil de mulher moderna. Além das bonecas a Boutique da Suppa tem umas camisetas bem legais e outras frescurites que agente sempre curte!!

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Segunda é dia de Poema!!!

A bíblia

Vinicius de Moraes


A Bíblia já dizia
Pra quem sabe entender
Que há tempo de alegria
Que há tempo de sofrer
Que o tempo só não conta
Pra quem não tem paixão
E que depois do encontro
Sempre tem separação
Que o dia que é da caça
Não é do caçador
E que na alternativa
Viva e viva
E viva o amor


A gente vem da guerra
Pra merecer a paz
Depois faz outra guerra
Porque não pode mais
E deixa andar e deixa andar
Até a guerra terminar
Vamos curtir, vamos cantar
Até a guerra se acabar

domingo, 24 de janeiro de 2010

Sabe quando....


Sabe aqueles períodos da vida em que as coisas não andam, não funcionam, ninguém te entende, nem tá a fim de entender...ninguém parece ajudar, ninguém quer ajudar, ninguém quer te ouvir, mas QUER SER OUVIDO ATENTAMENTE!!!!??? Cada um que cuide do seu próprio umbigo e Deus que nos ajude??? Sabe quando tudo se complica, tudo fica difícil, tudo fica ruim, cansativo, enjoativo???? Quando tudo dá dor de cabeça, dor de barriga???? Quando ABSOLUTAMENTE nada do que vc faça agrada? ABSOLUTAMENTE NADA é bom, certo, positivo, agradável???? Quando vc parece estar fora do contexto? Quando a sua opinião não tem valor, quando a sua vontade, seus conhecimentos, suas expectativas, seus sonhos são irrelevantes??????
                                                       POIS É...........

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

CINE MATERNA EM CURITIBA!!!!!!!!!!!!!!!!!

Finalmente o projeto Cine Materna chegou na nossa Cidade: Curitiba!!!! Eba!!!!!!!!!!!!!!! Pra quem não conhece o projeto aí vão algumas informações


CineMaterna são sessões de cinema para mães com bebês de até 18 meses. Papais e acompanhantes são bem-vindos também! Os filmes são para a diversão dos adultos, e as salas de cinema são equipadas para acolher os bebês com todo o conforto: som reduzido, trocador na sala, ar condicionado mais suave, ambiente levemente iluminado. E depois de cada sessão sempre tem um gostoso bate-papo!


As sessões acontecem em diversas cidades do Brasil. Cada filme é escolhido pelo público através de enquetes semanais, que podem ser acompanhadas pelo site junto com a programação.


Nas sessões CineMaterna o som é reduzido, há trocadores na sala, as luzes ficam um pouco acesas, o ar condicionado é fraco e há um tapete de atividades e brinquedos em frente à tela, para os bebês que sentam e engatinham;


Os filmes são escolhidos pelo público através de enquetes e excluem filmes com violência explícita ou terror; Após a sessão, o público é convidado a seguir para um café, onde acontecem animados bate-papos e muita interação!

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

IINFORMATIVO DA CORDVIDA - CELULAS TRONCO



Como vcs sabem, sou cliente da CordVida, empresa que coletou e armazena o sangue do cordão umbilical do Pimentinha. Desde entao, recebemos vários informativos sobre as pesquisas desenvolvidas nessa área. Segue a ultima que achei importante divulgar:

Bjs Apimentados


"São Paulo, 18 de janeiro de 2010

Sempre com o objetivo de manter nossos clientes e parceiros atualizados, gostaríamos de compartilhar os resultados divulgados ontem de um importante estudo de um centro de pesquisa de cancer de Seattle, EUA . Estes cientistas obtiveram sucesso ao expandir em 140 vezes o número de células-tronco hematopoéticas encontradas no cordão umbilical.



Esta descoberta abre uma perspectiva real de resolução de um dos maiores problemas no tratamento de doenças como a leucemia: os tratamentos são hoje limitados pela quantidade de células-tronco disponíveis para o transplante de medula. Tendo tido sucesso neste estudo clínico em Seattle, o próximo passo será testar a eficácia desta técnica em múltiplos centros. Se obtiverem êxito, na prática a limitação de número de células para transplantes estará eliminada.


Estes resultados demonstram que as células-tronco do sangue do cordão umbilical são de fato matrizes valiosíssimas e sugerem a importância do seu armazenamento, independente da quantidade coletada.


Além disso, os cientistas identificaram tambem que estas células quando multiplicadas apresentaram resultados terapêuticos muito eficazes no tratamento da leucemia, já que a medula óssea regenera-se muito mais rápido com estas células.


Alguns veículos da imprensa, entretanto, veícularam que “o método acabará com a necessidade de encontrar doador compatível…”. Lendo detidamente o artigo científico, se verá que em nenhum momento esta afirmação é feita. A necessidade de compatibilidade genética persiste.


É com enorme entusiasmo que a nossa equipe vê a cada dia mais uma confirmação científica da importância da coleta e do armazenamento das células-tronco do cordão umbilical.
Equipe CordVida"

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Cadê o Cocoricó????

Acho que essa notícia deixará muitas mamães e filhotes tristes, até porque é um dos poucos programas com qualidade e educativos que passam na tv aberta. O Pimentinha não curte muito, mas não deixo de lamentar essa decisão da TV Cultura.
Bjs da Pimenta



TV Cultura dispensa equipe do programa infantil "Cocoricó"



Redação Portal IMPRENSA

Na última terça-feira (19), a TV Cultura anunciou que não serão gravados novos episódios do programa infantil "Cocoricó", exibido há 14 anos pela emissora estatal. Um dia antes, por telefone, a gerente de produção da emissora, Leila Maria Russo, dispensou a equipe da atração. Segundo informou o R7, ao todo são nove pessoas, incluindo o diretor Fernando Gomes, responsável pelo boneco Júlio, que disse não estar surpreso com a medida.

"É uma pausa normal do Cocoricó. É claro que sempre fica um clima ruim, uma sensação de demissão, mas não podemos dizer que fomos demitidos porque não somos funcionários da Cultuea, somos Pessoa Jurídica (PJ)", disse Gomes.

Já o ator e manipulador Eduardo Alves, responsável pelos bonecos dos personagens Lola, Pat Torquato e João, disse que os profissionais do programa estão desolados com a medida.

"Sempre fomos prestadores de serviço terceirizados, mas nosso contrato sempre foi renovado. O Cocoricó é um dos programas que mais dá retorno para a TV Cultura. Tem uma forte parte de marketing e produtos licenciados. Então, não consigo entender essa dispensa. É um programa de qualidade, com os melhores profissionais de manipulação de bonecos do país. Aí eles chegam e avisam a gente que não nos querem mais, deixando a gente com uma mão na frente e outra atrás", relatou.


Segundo Alves, a emissora já tem gravada uma nova temporada do programa, com 30 episódios. A atração vai ao ar de segunda à sexta-feira, às 11h15, com reprise às 15h15. Até o momento a TV Cultura não se pronunciou sobre o caso.

A hora no mundo